Norte de Portugal: um sítio a conhecer e para viver

Quais as paisagens mais marcantes do norte de Portugal? Quais os sabores típicos? E, se aqui quiser viver, quanto pode custar uma casa? Damos-lhe a conhecer esta região do país, muitas vezes desconhecida.

Portugal é um país pequeno mas com muito para mostrar. A variedade de paisagens e de sabores nota-se em todas as regiões. O norte do país não é exceção e tem características únicas que o tornam cativante.

As paisagens

O norte de Portugal tem paisagens deslumbrantes. Uma das mais características da região é a do Alto Douro Vinhateiro, classificada como Património da Humanidade pela UNESCO em 2001. A vista das encostas do vale do rio Douro, onde predominam os socalcos para plantar a vinha usada na produção do famoso vinho do Porto, é certamente uma das mais impressionantes da região.

Além disso, há também as belas paisagens do Parque Nacional da Peneda-Gerês e do Parque Natural do Alvão, onde poderá observar as quedas de água das Fisgas de Ermelo, e do Parque Natural de Montesinho, uma das zonas florestais mais selvagens da Europa.

São apenas exemplos no norte de Portugal, mas há muitos outros parques naturais no resto do país.

Os sabores

Também na gastronomia, o norte de Portugal tem muito para oferecer. Junto à costa, tal como no resto do país, é possível apreciar um bom peixe fresco grelhado.

Além disso, e como é sabido, os portugueses são grandes apreciadores de bacalhau. Fazem-no de inúmeras maneiras e algumas receitas têm origem precisamente no norte de Portugal. Por exemplo, o Bacalhau à Gomes de Sá e o Bacalhau à Zé do Pipo, bastante populares entre os portugueses, nasceram na cidade do Porto.

O primeiro vem do século XIX. Foi uma ideia do cozinheiro José Luís Gomes de Sá Júnior e é feito com bacalhau às lascas, batatas, alho, cebola, azeitonas pretas, ovo cozido e salsa.

Já o Bacalhau à Zé do Pipo foi criado na década de 1960 pelo proprietário de um restaurante tradicional. Além de bacalhau, leva puré de batata e maionese e faz-se no forno. Mais acima, na cidade de Braga, teve origem o também famoso Bacalhau à Minhota, frito em azeite com batatas às rodelas e cebolada.

Mas nem só de peixe se fazem os sabores do norte de Portugal. Na cidade do Porto existem as as famosas Francesinhas e as Tripas à moda do Porto. Na região de Trás-os-Montes há o Cabrito no Forno, a Alheira e a Posta à Mirandesa. Esta última é tradicional da cidade de Miranda do Douro e consiste num naco de carne de vaca mirandesa assado na brasa.

Já quanto a sopas, a mais popular é o Caldo Verde. Originária do Minho mas popular em todo o país, é uma sopa com base de batata e couve-galega picada, que é servida com uma rodela (ou mais) de chouriço. Aliás, em 2011, foi eleita umas das 7 Maravilhas da Gastronomia portuguesa. E, porque é impossível falar do norte de Portugal sem falar do vinho, acompanhe este pratos com um Vinho do Douro ou do Porto, claro.

O que visitar

A cidade mais conhecida do norte de Portugal é o Porto, considerado o melhor destino europeu em 2017. E aqui, como é bem sabido, há muito por visitar. Por exemplo, a Casa da Música, a Torre dos Clérigos, a Casa de Serralves, o centro histórico, a Livraria Lello, que inspirou J.K. Rowling, a criadora de Harry Potter ou as caves do vinho de Porto, em Gaia.

Mas o norte não se resume à Cidade Invicta. Também no Minho e em Trás-os-Montes há vários pontos de interesse. Um deles é Guimarães e o seu castelo e o centro histórico, reconhecido como Património Cultural pela UNESCO em 2001. Em Braga, visite a Sé Catedral e o Santuário do Bom Jesus do Monte. Ainda no Minho, mas na cidade de Viana do Castelo, suba ao monte de Santa Luzia e ao santuário que lá se encontra e aproveite uma vista única.

Em Trás-os-Montes pode visitar as cidades de Chaves, Vila Real ou Bragança. Nesta última, aproveite para ver as bem preservadas muralhas do castelo, bem como a imponente Torre de Menagem. Na área do Parque Natural de Montesinho passe pelas aldeias comunitárias de Montesinho ou de Rio de Onor, que divide o território com Espanha.

Viver no norte de Portugal

Com tanto para oferecer, o norte de Portugal é com certeza uma boa opção para viver. E, se já está a pensar nisso, vai gostar de saber que o preço médio das habitações é mais baixo do que na Área Metropolitana de Lisboa ou no Algarve.

Preço dos alojamentos familiares por metro quadrado:

  • Norte: 827 €
  • Área Metropolitana de Lisboa: 1.318 €
  • Lisboa (cidade): 2.877 €
  • Algarve: 1.500 €

(Preços medianos. Fonte: INE, 3.º trimestre de 2018)

Depois, como é natural, o preço também varia nos vários municípios do norte. A mais cara é o Porto. Mas logo do outro lado do rio Douro, em Vila Nova de Gaia, o preço por metro quadrado é quase 630 € mais baixo.

Área Metropolitana do Porto:

  • Porto: 1.525 €
  • Vila Nova de Gaia: 893 €
  • Matosinhos: 1.202 €
  • Maia: 968 €

Minho:

  • Braga: 750 €
  • Guimarães: 748 €
  • Viana do Castelo: 855 €

Trás-os-Montes:

  • Bragança: 613 €
  • Vila Real: 779 €

(Preços medianos. Fonte: INE, 3.º trimestre de 2018)

Ligações aéreas

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, serve toda a região norte de Portugal e tem ligações aéreas diretas para várias cidades europeias.

Algumas cidades em França:

  • Paris
  • Marselha
  • Lyon
  • Toulouse
  • Nice
  • Nantes

Reino Unido

  • Londres
  • Manchester
  • Liverpool
  • Edimburgo
  • Bristol
  • Birmingham

Itália

  • Roma
  • Bolonha
  • Milão
  • Nápoles

Algumas cidades na Alemanha

  • Berlim
  • Hamburgo
  • Munique
  • Colónia
  • Frankfurt

Em 2017, o Aeroporto do Porto foi eleito pela Airports Council International o segundo melhor da Europa no grupo de unidades que contam com uma circulação de mais de dois milhões de passageiros por ano. Em 2016, a mesma organização tinha considerado o aeroporto o melhor da Europa na categoria de cinco a 15 milhões de passageiros.

Está a pensar numa mudança para Portugal?

Como posso ter benefícios fiscais?

Saber mais

De que preciso para comprar casa?

Saber mais