Franceses em Portugal: Jean Pierre Hougas não se cansa de Portugal

“É impossível fartar-se de Portugal. O problema é os dias não terem 25 horas.”

Jean Pierre Hougas é um dos muitos franceses a morar em Portugal. Vive nas Caldas da Rainha, uma cidade da zona Oeste, a cerca de 90 quilómetros de Lisboa, que combina um estilo de vida tranquilo com uma boa oferta cultural e comercial.

Gosta de viver nesta região, por estar perto de vários sítios interessantes. “Em menos de uma hora de carro chegamos a Sintra, Tomar, Batalha ou Alcobaça, que tem um mosteiro e um centro histórico formidáveis”, declara. E assinala outra vantagem: a proximidade com diferentes praias, como por exemplo a da Ericeira. Aliás, Jean Pierre não tem dúvidas: “Portugal é um país que merece ser conhecido.”

O convívio da comunidade francesa

Enquanto presidente da União dos Franceses no Estrangeiro da Zona Oeste, ajuda a receber os franceses que decidem viver em Portugal, muitos deles atraídos pelos benefícios fiscais para os residentes não habituais.

E, tal como noutros pontos do país, também nesta região há convívio entre cidadãos franceses. “Juntamo-nos por afinidade. Todas as segundas-feiras de manhã há um grupo que joga bowling. Outros têm encontros literários e outros jogam golfe”, conta Jean Pierre.

O estilo de vida português

Diz que há duas palavras portuguesas que se aprendem rapidamente: “espera” e “devagar”. Porquê? Porque há aqui um ritmo menos “stressante” do que aquele que se vive em França. “Adaptamo-nos bem a viver aqui”, diz.

Hoje, reconhece este país como a sua casa — pela beleza natural, pela simpatia das suas gentes e pelos ritmos e costumes de uma sociedade que passou a adotar como sua.

Por isso, Jean Pierre é mais um cidadão francês que quer continuar a viver em Portugal: “Não tenho saudades nenhumas de Paris”.

 

Está a pensar numa mudança para Portugal?

De que preciso para comprar casa?

Ler artigo

O parceiro certo para financiar a sua casa

Saber mais