Poupe tempo para as coisas importantes em Portugal

Saber mais

Imobiliário no Algarve: os municípios mais baratos e os mais caros

Pensa investir em imobiliário no Algarve? Pode ser uma opção interessante para rentabilizar o seu dinheiro a longo prazo. Esta região do país é, cada vez mais, um destino apetecível para este tipo de investimento. Conheça os municípios com os preços mais altos e os preços mais baixos.

O Algarve tem todos os argumentos a favor do investimento em imobiliário. Muito sol. Pouca chuva. Praias paradisíacas, parques naturais maravilhosos, paisagens de cortar a respiração, campos de golfe em localizações deslumbrantes, vilas históricas e grandes cidades. A estes pontos fortes da região algarvia juntam-se outros: segurança e qualidade de vida. E há mais. O Algarve conta ainda com um aeroporto internacional, em Faro, e uma autoestrada, que atravessa toda a região. Como vê, o que não falta são bons motivos para investir em imobiliário no Algarve.

Qual o melhor município para investir em imobiliário no Algarve?

A escolha depende essencialmente dos seus gostos pessoais – se prefere o sossego do campo e das serras ou a agitação da cidade e das praias.

Outro fator importante que pode ajudá-lo a decidir a localização é o preço das casas. Existe uma grande variação nos valores do imobiliário nesta região do país, consoante a proximidade ou distância da costa. Os preços oscilam também em função da presença ou ausência de campos de golfe. Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), o organismo responsável pelas estatísticas oficiais em Portugal, os preços em 2018 variavam entre os 655 euros por m2 de Monchique e os 1.846 de Loulé.
Preços que dependem da avaliação fiscal dos imóveis e que podem estar abaixo do valor efetivo de compra e venda. Por exemplo, se tomarmos como referência o município de Loulé, portais imobiliários como o Idealista apresentavam um preço médio de 2.662 euros nos negócios realizados, muito acima dos 1.846 euros indicados pelas Finanças.

Municípios com os preços mais elevados

Loulé

Loulé é o município algarvio com preço do metro quadrado mais alto. Nesta zona, situam-se algumas das praias mais glamorosas do Algarve: a Quinta do Lago e as praias do Ancão e de Vale do Lobo. É em Loulé que fica a famosa Marina de Vilamoura, um must da noite de verão algarvia. Destacam-se os campos de golfe de Vilamoura, Vale do Lobo e Quinta do Lago, que em muito contribuíram para o desenvolvimento económico da região.

Valor médio dos imóveis por m2: 1.846 euros
Variação do preço em 2018: 11,88%

Lagos

Lagos apresenta os segundos valores mais elevados do imobiliário no Algarve, segundo o INE. Toda a zona de Lagos teve um enorme desenvolvimento económico. Lagos, a capital do município, é uma cidade cosmopolita virada para o mar. É dinâmica, está em crescimento, tem comércio e bons serviços.

Valor médio dos imóveis por m2: 1.744 euros
Variação do preço em 2018: 12,15%

Albufeira

O terceiro município com preços mais elevados para investir em imobiliário no Algarve é Albufeira. O mar sempre presente, a beleza das praias e a vida mais fervilhante nos meses do verão são trunfos desta zona do Algarve que pertence a Faro. A cerca de 40 km do Aeroporto de Faro, Albufeira tem as famosas praias de Olhos de Água, dos Salgados ou dos Pescadores. Em 2011, os dados estatísticos do INE mostravam que Albufeira era o município português com mais estrangeiros como residentes.

Valor médio dos imóveis por m2: 1.631 euros
Variação do preço em 2018: 10,65%

Municípios com os preços mais baixos

Monchique

O município de Monchique é o destino mais económico para comprar casa no Algarve. Monchique vive da serra com o mesmo nome, conhecida como o “Jardim do Algarve”. É famoso pelas suas termas – as Caldas de Monchique – e procurado por quem gosta da calma da natureza.

Valor médio dos imóveis por m2: 655 euros
Variação do preço em 2018: 4,8%

Alcoutim

Alcoutim era, até há pouco tempo, o município com valores mais baixos do imobiliário no Algarve. Nos últimos meses, um crescimento muito rápido dos preços de habitação fizeram disparar o valor do metro quadrado. É uma zona distante da costa, embora tenha praias fluviais de grande beleza, como a praia do Pego Fundo.

Valor médio dos imóveis por m2: 725 euros
Variação do preço em 2018: 34,5%

 

São Brás de Alportel

São Brás de Alportel surge como o terceiro município com preços mais convidativos para quem quer investir em imobiliário no Algarve. Perto de Faro e a cerca de 18 km do aeroporto, São Brás de Alportel combina a serra e a natureza com a pouca distância de praias atlânticas de elevada qualidade. Pode encontrar nesta zona um dos grandes ex-libris nacional, a cortiça, que dá a este município mais um ponto de interesse.

Valor médio dos imóveis por m2: 897 euros
Variação do preço em 2018: -1,32%

Valores médios dos imóveis por município

Município Valor médio dos imóveis (€/m2) Variação anual (2017-2018)
Loulé 1.846 11,88%
Lagos 1.744 12,15%
Albufeira 1.631 10,65%
Tavira 1.594 17,03%
Algarve 1.465 11,24%
Lagoa 1.436 3,38%
Vila do Bispo 1.417 11,05%
Vila Real de Santo António 1.371 8,72%
Portimão 1.323 6,69%
Aljezur 1.290 10,07%
Castro Marim 1.277 11,33%
Faro 1.262 20,08%
Silves 1.241 6,98%
Olhão 1.164 25,84%
São Brás de Alportel 897 -1,32%
Alcoutim 725 34,51%
Monchique 655 4,80%

Fonte: INE. Valores médios por m2 no 2º trimestre de 2018.

Já decidiu em que município do Algarve vai comprar casa, mas precisa de financiamento? O NOVO BANCO pode ajudá-lo a conseguir o que precisa.

Está a pensar numa mudança para Portugal?

Como posso ter benefícios fiscais?

Saber mais

De que preciso para comprar casa?

Saber mais