Poupe tempo para as coisas importantes em Portugal

Saber mais

Investir em Portugal: Os setores mais atrativos

A economia portuguesa está a atravessar um bom momento. Setores como o turismo ou o imobiliário têm sido os principais dinamizadores da recuperação da economia, mas não são os únicos. Conheça os setores que estão a recolher maior atenção por quem está a investir em Portugal.

São cada vez mais os estrangeiros que escolhem Portugal para viver. A qualidade de vida do país e as oportunidades criadas pela recuperação da economia nacional são um verdadeiro chamariz para quem quer mudar de vida. Se está a pensar mudar-se e investir em Portugal, saiba quais os setores que o ciclo económico mais tem beneficiado.

Depois de tempos de crise, a economia nacional acelerou em 2017 e a expectativa é a de que Portugal mantenha a evolução positiva. De acordo com as previsões do Banco de Portugal, o produto interno bruto (PIB) deverá crescer 1,9% em 2019, suportado essencialmente pela forte recuperação dos preços do imobiliário e do turismo, os dois setores que têm atraído maior interesse por quem quer investir em Portugal.

“Boom” no imobiliário

Os preços das casas têm aumentado a níveis inéditos, com taxas de crescimento acima de 10% desde o terceiro trimestre de 2017. O índice de preços da habitação tem crescido desde o último trimestre de 2013, a beneficiar da crescente procura, sobretudo por parte de estrangeiros.  Em termos de regiões, é nos grandes centros urbanos, como Lisboa e Porto, que se encontram os imóveis mais valiosos.

A maior atratividade do país como destino de habitação e de trabalho, associada à maior apetência da banca para financiar o crédito à habitação, deverão continuar a suportar a subida dos preços, sobretudo nas zonas onde as avaliações subiram menos. Por isso, mesmo sendo agora inferior a margem para ganhos, o imobiliário continua a ser um dos setores quentes para investir em Portugal.

Índice de Preços da Habitação
Período Total Nacional (pontos percentuais)  Variação homóloga (%)
1T2016 103,67 6,9
2T2016 106,91 6,3
3T2016 108,31 7,6
4T2016 109,57 7,6
1T2017 111,89 7,9
2T2017 115,51 8
3T2017 119,60 10,4
4T2017 121,06 10,5
1T2018 125,58 12,2
2T2018 128,49 11,2

 

Turismo vai continuar quente

O turismo é outro dos setores que tem recolhido mais interesse por parte de quem quer investir em Portugal. Em 2018, Portugal superou pela primeira vez a meta dos 21 milhões de turistas e continua a ser um dos destinos mais procurados. As receitas geradas pelo turismo no país, em 2017, atingiram os 17 mil milhões de dólares (cerca de 15 mil milhões de euros), conseguindo mesmo ultrapassar a Grécia e alcançando o quarto lugar entre os países do sul da Europa, segundo números da Organização Mundial do Turismo. Assim, investimentos em alojamento local ou noutros projetos ligados ao turismo continuam a revelar-se lucrativos.

Dê energia aos seus investimentos

As energias renováveis estão cada vez mais na moda. A crescente consciencialização para a necessidade de desenvolver alternativas às fontes de energia poluentes, como o petróleo, têm acelerado o crescimento do mercado das energias renováveis em Portugal. E o país tem excelentes condições meteorológicas para apostar neste setor: desde a força do vento, ao sol ou às ondas do mar.

A energia é, por isso, um dos setores que se tem mostrado mais atrativo para quem quer investir em Portugal. Pode optar por tornar-se num microprodutor de energia e vender à rede, ou investir na compra de painéis solares ou fotovoltaicos. O retorno do investimento chega a seu tempo, mas é francamente positivo.

Da agricultura à tecnologia

A agricultura também é um dos pilares desta nova vaga de quem está a investir em Portugal. As condições do país são muito favoráveis a várias produções, desde o azeite à produção de vinho, dois dos produtos nacionais mais procurados no estrangeiro. O famoso vinho do Porto é uma marca de Portugal no mundo, mas as potencialidades da exploração agrícola nacional vão muito além. E há cada vez mais pessoas a apostar no setor da agricultura. Há vários apoios comunitários para financiar projetos agrícolas, nomeadamente no âmbito do Portugal 2020.

Num segmento menos tradicional, as tecnologias da informação têm registado um forte crescimento no mercado nacional nos últimos anos. Há muitas empresas a deslocarem para o país estas atividades, de modo a beneficiar dos avanços alcançados nesta área e das competências no país. Este é, por isso, outro dos mercados quentes para quem quer investir em Portugal. É só ser criativo e entrar neste mercado competitivo.

Está a pensar numa mudança para Portugal?

Como posso ter benefícios fiscais?

Saber mais

De que preciso para comprar casa?

Saber mais